terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Enfim, Knoppix 7.7.1 em Live USB (Pendrive) com "persistência"

Tela inicial do Knoppix já com as configurações da sessão anterior, carregado a partir do Pendrive
Knoppix 7.7.1 em Live USB (Pendrive), com “persistência” das configurações anteriores

Finalmente, uma instalação do Knoppix 7.7.1 em Pendrive (16 GB), — funcional, — com “Persistência”.

Ao inicializar o computador, o “Live” Knoppix carrega com as configurações feitas nas sessões anteriores, — complementadas pela opção “Restore saved session” do KDE:

  • Wallpaper (em “/home/Pictures”)
  • gKrellm com informações adicionais, na posição escolhida
  • Dolphin personalizado, — e com várias abas, abertas em pastas predefinidas
  • Konsole em tamanho e posição “discretos”, — com memória dos comandos “gnome-screenshot”, inclusive padrão de nome e pasta de destino
  • Partições E:\” e “F:\ montadas automaticamente ao iniciar
  • Teclado PT-BR, com tecla de acesso ao 3º nível, e NumLock ativado
  • Tema “Maia Transparent”
  • Decoração de janelas ”Transparent Oxygen”
  • Busca de arquivos desativada
  • KDE Wallet desativado
  • Compositor OpenGL 2.0, — falta testar XRender
  • Sem animação de Minimize / Maximize windows
  • Gwenview configurado para fechar com “Esc
  • etc.

Análise combinatória


Digo “uma” instalação funcional, — porque já foram experimentadas várias alternativas, — e ainda há mais algumas que gostaria de tentar.

Existem várias opções, ao longo do processo, — e o número de combinações possíveis, entre tantas opções, é enorme:

  1. Instalar a partir de uma sessão Live DVD de 32bit ou de 64bit
  2. Instalar a partir de uma sessão DVD com LXDE (default) ou KDE
  3. Instalar pelo “cheat code” inicial “knoppix tohd”, — ou mais tarde, pelo Menu
  4. Pelo Menu, — “HD install”, — ou “install to flash disk
  5. Dentro da instalação pelo Menu, — opção “r” (removable only) ou “h” (also HDD)
  6. “Persistência” via “Overlay file”, — ou via “Overlay partition”
  7. Várias outras opções “poor man’s install
  8. Várias opções de instalação por mera “cópia”
  9. Gnome, — em vez de LXDE ou KDE
  10. Instalação sem carregar nenhum “ambiente gráfico
  11. Instalar a partir do DVD “real”, — cuja gravação pelo K3b parece sempre apresentar “erro” no final, — ou do “pseudo-DVD” gerado pelo UNetBootin, que altera a ISO, ao adaptá-la para Pendrive, e não apresenta “erro” no final
  12. Instalar a partir de um DVD encomendado pronto na Alemanha
  13. etc.

Considerando apenas as primeiras 6 opções, — binárias, — o número de combinações possíveis é assustador.

Portanto, era conveniente limitar as hipóteses sobre possíveis causas de insucesso, — e portanto, sobre possíveis caminhos para se alcançar melhor resultado, — começando pelas alternativas menos onerosas e menos demoradas (encomendar na Alemanha, esperar, Alfândega etc.).

Opções utilizadas


O caminho seguido nesta experiência foi:

  1. Gerar o DVD pelo K3b, — a partir da (mesma) imagem ISO (4,3 GB) usada antes, — e ignorar o “erro” no final
  2. Testar o Knoppix Live DVD pelo comando “knoppix testcd tz=America/Sao_Paulo desktop=kde”, — que examina a mídia e, se tudo estiver Ok, carrega em seguida, já com o fuso horário de Brasília e ambiente KDE
  3. Fazer o mínimo de configurações, para não perder tempo com (mais) uma tentativa que talvez não desse certo, — como já não deram certo várias outras, antes
  4. Menu → Knoppix → Install to flash disk
  5. Opção “h”, — “Allow installation also on fixed disks
  6. Opção “i”, — “Installation on FAT32 with (optional) overlay file < 4 GB”, — sem encriptação do arquivo de “persistência”

Partir de um DVD “de verdade”, — embora com “erro”, segundo o K3b, — era uma alternativa ainda não experimentada, — e o fato de (finalmente) obter bons resultados merece ser registrado.

Dentro dessas opções, preferia ter uma “partição de Overlay”, — não um “arquivo de Overlay”, com extensão “.img”, — embora, em tese, este “arquivo-imagem” possa ser montado e aberto em outros Linux*.

(*) Ainda não foi obtida montagem e abertura pelo Dolphin ou Konqueror, a partir de outros Linux. A ver: — se alterações feitas a partir de outros Linux irão causar rejeição, depois, pelo Knoppix, — ou qualquer outro efeito colateral.

No entanto, “overlay file” era uma opção ainda não experimentada, — e como deu bons resultados, isso também merece registro.

Também faltava experimentar a opção “h”, — aplicável “também para disco fixo”, embora presente na instalação pelo “Menu → Knoppix → Install to flash disk”, — e como o resultado geral foi bom, isso é outra coisa que merece registro.

Enfim, vale registrar que foram usados os “cheat codes” — “knoppix testcd” etc., — ou seja, rodando em 32bit, — e nãoknoppix64 testcd” etc. — E como deu bons resultados para uso posterior em 64bit, isso parece indicar que a opção usada, se não fez nenhum bem em especial, pelo menos parece não ter prejudicado.

Resultados


Existem algumas demoras, às vezes, quando se iniciam novas tarefas, — talvez, por insuficiência de Memória RAM, ou de CPU, — já que o Knoppix trabalha com descompressão “on-the-fly” de 11 GB de pacotes comprimidos em 4,3 GiB na ISO / DVD, — além de combinar dados de pastas de sistema no arquivo KNOPPIX (inalterável) com dados das “mesmas” pastas, guardados no “arquivo overlay”.

No entanto, — apesar dessa sobrecarga para a CPU e a Memória RAM, — o Chromium enfrenta bravamente os obstáculos que o Facebook opõe para desestimular a visitação e viralização de “páginas (mesmo as que pagam), —  façanha que (ainda) não foi conseguida no Kubuntu 17.04, nem no Debian testing (instalados em HDD / SSD, e sempre atualizados), — o que coloca este Live USB Knoppix 7.7.1 (Pendrive de 16 GB) entre as melhores alternativas para trabalho regular prolongado.

E, — uma vez que mantém as configurações e os históricos do Konsole, do Dolphin, do Chromium etc., — está pronto para o trabalho, 2 minutos após ligar o computador.

Download e gravação


A imagem ISO ainda era a mesma baixada em 4 Nov. 2016, — e agora foram baixados também os arquivos “md5”, para conferir (apenas visualmente) a verificação feita pelo K3b.

1) A primeira tentativa de gravação pelo K3b foi feita no Kubuntu 17.04 Zesty Zapus (development branch), com a opção “Verificar os dados gravados”, e “velocidade automática”. — O K3b adotou “16,4x” (velocidade indicada na mídia), embora registrasse, de fato, 6,70x, 8,60x, 11,80x, 13,70x, 14,50x, 14,00x, — e a saída de energia de 12V manteve-se em 12,25V, com momentos de 12,30V no início e no final.

O andamento da tarefa estacionou por longo tempo em “98%” da gravação, — e acusou “Erro fatal durante a gravação de: Argumento inválido”, aos 6 min 54 seg do primeiro tempo, — coisa que, para um leigo em “tecnologia”, agora parece relacionado unicamente com o “fechamento” do DVD já gravado.

Infelizmente, o DVD foi jogado no lixo, e agora já não convém colocá-lo na bandeja, pela simples curiosidade de testá-lo, — embora a tentação seja enorme, — pois, agora, tenho certeza de que provavelmente funcionaria com perfeição.

2) A segunda tentativa de gravação pelo K3b foi feita no Linux Mint 18 KDE (ex-beta), — novamente, com a opção “Verificar os dados gravados”, — porém limitando a velocidade a “4x”.

Na prática, a velocidade variou entre 3,50x e 4,10x, — a saída de energia de 12V permaneceu em 12,25V, — até 99%, aos 14 min 23 seg do primeiro tempo, onde estacionou por um minuto, e acusou “Erro fatal durante a gravação de: Erro de entrada / saída” aos 15 min 41 seg.

Infelizmente, o segundo DVD também foi para o lixo, e agora não vale a pena arriscar colocá-lo na bandeja, só por uma curiosidade.

3) A terceira tentativa foi feita no Kubuntu 16.04 LTS, — porém sem verificar os dados gravados, — e novamente com velocidade limitada a “4x”. Por mera “superstição”, não foram feitas capturas de tela (só 1 foto).

Nova parada aos 99%, e por fim, a mesma mensagem de “Erro fatal durante a gravação de: Erro de entrada / saída”, aos 15 min 40 seg do primeiro tempo.

Sem encontrar qualquer dica sobre modos de gravação, — K3b, “dd”, “cp” etc., — no site e no forum do Knoppix (exceto um conselho de usar “4x”), o terceiro DVD foi simplesmente deixado na bandeja aberta (para esfriar a cabeça), e o computador reiniciado após alguns minutos.

Este terceiro DVD funcionou com absoluta perfeição, — até onde alcança a percepção de um simples leigo nessas coisas de “tecnologia”. — Deu partida no sistema, se auto-testou, carregou o Knoppix 7.7.1 KDE, realizou a instalação no Pendrive (16 GB), — e o “Live Pendrive” está funcionando até hoje.

••• Epa


Após uma curta sessão LXDE, — onde não foi feita nenhuma configuração, — algumas coisas deixaram de funcionar nas sessões KDE.

••• Install to flash disk + Overlay partition


Várias experiências de instalação foram realizadas a partir do primeiro “pseudo-DVD”, — Pendrive de 8 GB gerado pelo UNetBootin a partir da ISO-DVD, por ele modificada para adaptação à mídia USB.

Duas experiências, — nos dias 9 e 11 Novo, documentadas aqui, — utilizaram a opção “Menu → Knoppix → Install to flash disk”, opção “r” (removable only), tendo como destino um Pendrive de 32 GB, e opção de “Overlay partition” ocupando todo o espaço restante na mídia.

Na primeira experiência, tinham sido instalados “Flashplugin” e “ttf-mscorefonts”, antes de iniciar a instalação do Knoppix no Pendrive de 32 GB. — Da segunda experiência em diante, esses 2 componentes nunca mais foram instalados, — nem antes, nem depois.

Nas horas e dias seguintes, o Knoppix instalado no Pendrive de 32 GB mostrou-se muito lento, — motivo pelo qual, aquele relato teve de ser produzido no Knoppix “Live pseudo-DVD” gerado pelo UNetBootin (Pendrive 8 GB).

8 Nov., 1:45 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - Sessão LXDE. - 3:33 - Sessão KDE. - 4:02 - Off. - Pela manhã, histórico estranho no Chromium do Kubuntu.

17:46 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - 1:37 a 2:11 - Instalação no Pen 32 GB.

9 Nov., 2:19 - Pendrive 32 GB - Não trouxe nenhuma configuração da sessão Live de instalação. - 3:37 - Off.

9 Nov., 10:31 - Pendrive 32 GB - Com persistência da sessão anterior (Wallpaper, Dolphin, Konsole), porém tudo fora de lugar [Só tempos depois, recorri às configurações do KWin para que o Dolphin lembrasse sua posição]. Registros de demoras. - 17:01 - Shutdown.

10 Nov. - 19:22 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - Constatada a agilidade do “pseudo-DVD”, em comparação com o “instalado”. - [A sessão não foi encerrada].

11 Nov., 7:23 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - [Ainda a sessão iniciada na véspera] - 11:26 - Shutdown.

12:27 - Pendrive 32 GB - Lentidão, demoras etc. “Inútil como Live SO”. 13:40 - Shutdown.

17:55 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - Configurando apenas o essencial. - 19:38 a 20:23 - Nova instalação no Pendrive de 32 GB. - 21:57 - Shutdown.

22:06 - Pendrive 32 GB - Novamente, não trouxe configurações da sessão de instalação. - 22:45 - Restart. Persistiram (parcialmente) configurações feitas após “instalado”. Registro das demoras. 23:51 - Shutdown.

12 Nov. - 7:48 - Pendrive 32 GB - Persistiram as configurações da véspera (Na verdade, vários detalhes ainda dependiam de ajustes adicionais no KDE e do KWin, para de fato se manterem de uma sessão à outra). Registros das demoras. - 10:06 - Shutdown.

10:14 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - Configurações (roteiro básico). Trabalho regular e produtivo. Produção do relato. 23:19 - Shutdown.

13 Nov., 9:02 - Pendrive 32 GB - Mesmas demoras, até certo ponto suportáveis. O bicho realmente começa a pegar após abrir o Chromium. Aliás, parece que o Knoppix “atrai” problemas de conexão web, quando comparado com os outros 5 Linux (instalados em HDD / SSD). Mas os registros (salvo subjetivismos ao anotar) confirmam que os problemas, dificuldades e demoras tendem a se alastrar e “persistir” no Knoppix “instalado com persistência” (Pendrive 32 GB), ao passo que no Knoppix “Live pseudo-DVD” os problemas tendem a se resolver por si sós, em pouco tempo. - 9:59 - Shutdown.

10:07 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - Configurações (roteiro básico). Trabalho regular e produtivo. Produção do relato. - 21:19 - Shutdown.

14 Nov., 5:47 - Pseudo-DVD (Pen 8 GB) - Configurações (roteiro básico). Trabalho regular e produtivo. Produção do relato. - 20:18 - Shutdown.

Até aí, portanto, o quadro era:

  • Um Knoppix bastante funcional e produtivo, no Pendrive de 8 GB, mas sem “persistência”, — configurar outra vez, a cada nova sessão; e

  • Um Knoppix no Pendrive de 32 GB, com “persistência” das configurações, — porém impraticável para o trabalho.

••• knoppix tohd=/dev/sd[X][N] mkimage


Depois das 2 tentativas “Instal to flash disk”, foi experimentada uma das opções genericamente chamadas “poor man’s install”, — carregar com o comando “knoppix tohd=/dev/sd[X][N] mkimage”.

Após a instalação, é necessário continuar dando boot pelo Pendrive (ou DVD), — e comandar “knoppix fromhd=/dev/sd[X][N]”, — procedimento que evidencia a “pobreza” dessa alternativa.

De início, o Knoppix foi carregado a partir do Pendrive 32 GB, — com o comando “knoppix tohd=/dev/sdd3”, — esquecendo o “mkimage”.

Para isso, o drive externo SSD foi plugado após o Pendrive, — logo que o Boot chegou ao prompt do Knoppix, — caso contrário, a partição “Linux6” poderia vir a ser “sdc3”. — [Isso talvez possa ser organizado de modo mais racional, no BIOS Setup].

Além disso, o arquivo “/boot/syslinux/syslinux.cfg” do Pendrive 32 GB foi editado para incluir os “cheat codes” de fuso horário e ambiente gráfico, — “tz=America/Sao_Paulo desktop=kde”, — coisa que não produziu o efeito esperado [Exame dos prints sugere que foi editado por um zumbi desacordado].

Ao final da instalação, rapidíssima, — 5 minutos, em modo texto, sem pergunta alguma, — foi carregado o ambiente LXDE.

Teoricamente, o esquecimento da última parte do código, — “makimage”, — poderia ser remediado em seguida, acrescentando este “cheat code” ao carregar pela primeira vez.

Foram feitas 2 tentativas, sem êxito, — talvez, por não serem feitas logo no primeiro carregamento após a instalação.

Em retrospecto, um dia iniciado às 5:47 não deveria se prolongar tanto, — evidenciam-se várias falhas de atenção, — e outras parecem bastante prováveis.

14 Nov., 20:48 - Pendrive 32 GB - “knoppix tohd=/dev/sdd3”.

20:54 - Instalação concluída, — carregou LXDE. — 21:23 - Shutdown.

21:28 - Pendrive 32 GB - “knoppix64 fromhd=/dev/sdd3 tz=America/Sao_Paulo desktop=kde”. - Enfrentou com galhardia os obstáculos do Facebook. - 22:15 - Shutdown.

22:18 - Pendrive 32 GB - Erro de comando, — “fromhd=/sdd3”, — sem “/dev”.

22:24 - Pendrive 32 GB - “knoppix64 fromhd=/dev/sdd3 mkimage”. - Carregou LXDE. - 22:26 - Shutdown.

22:28 - Pendrive 32 GB - “knoppix64 fromhd=/dev/sdd3” (+tz, kde). - Feitas algumas configurações, para conferir a “persistência”. - 22:36 - Shutdown.

22:40 - Pendrive 32GB - “knoppix64 fromhd=/dev/sdd3” (+tz, kde). - Sem “persistência” das configurações feitas minutos antes. Pasta “/home/Pictures” sem o wallpaper colocado lá.

15 Nov. - A partição foi apagada, e foram feitas novas tentativas de instalação “tohd / fromhd”, com mais atenção, porém provavelmente também com erros. Sem êxito.

__________
• Publicado inicialmente em 13 Dez. 2016, às 10:43, e desenvolvido até o dia 14, no próprio Knoppix 7.7.1 em “Live USB”, a partir da instalação no Pendrive de 16 GB.
••• 

— … ≠ • ≠ … —

Knoppix



Ferramentas &tc.


Nenhum comentário:

Postar um comentário