quinta-feira, 1 de março de 2012

O "chaveirinho" da TIM

Já vai para uns 2 ou 3 anos que andava de olho em qualquer notícia, dica, esperança de descobrir alternativa ao "brazilian way" de pagar caríssimo por péssimas conexões web.

Não, não encontrei o paraíso.

Apenas fiz um teste, hoje, com ajuda da Débora, que tinha um "chaveirinho" (Modem 3G), e me emprestou. É ruim, comprar (R$ 99,00) sem testar primeiro se a minha área dispõe de boa “cobertura”.

Oscilações de velocidade


(de 28 para 29 Fev. 2012)

15h25 ~ 18h08 - Velocidade razoável, não muito diferente da conexão de “1 Mega” por cabo. Vários softwares receberam atualização automática.
  • 16h37 ~ 17h35 - Autorizei (sem pensar direito) uma atualização do Java, que acabou ocupando a conexão durante 1 hora. No final, o “Discador” indicava 13,2 MB de downloads acumulados.
  • 17h37 ~ 17h57 - Colocada no site uma pasta com 375 arquivos (3,8 MB).
  • 18h08 - Abri o navegador durante a colocação no site de uma pasta com 751 arquivos, e a partir daí o FTP começou a apresentar falhas sucessivas. Fechar o navegador não fez voltar ao “normal”.
18h11 - Desconectei e reconectei pelo “Discador”, e ele indica conexão “EDGE”.

18h38 – Discador indica que a conexão passou para “HSDPA”.

18h48 – Discador indica conexão “UMTS”.

19h35 ~ 20h14 – Tentativa de colocação de uma pasta com apenas 12 páginas, porém 30 imagens meio “pesadas” (6,1 MB). Demora, falhas sucessivas. Desconectando e reconectando para “ver se melhora”. Sem resultado: continua sempre em “UMTS”. FTP indica velocidades bastante variadas, às vezes 8 KB/s, outras vezes até 200 KB/s (só que não parece funcionar: falhas sucessivas). Desisti dessa pasta às 20h14.

20h14 ~ 21h35 – Colocando outra pasta, 170 páginas (1,3 MB), sem imagens. Priorizando (no FTP) as páginas de até 8 KB. Páginas na faixa dos 5 KB enfrentam com mais facilidade o patamar de +/- 1 KB/s. Conexão em “UMTS”, direto.

21h37 ~ 22h01 – Colocando uma pasta de 260 páginas (1,7 MB), sem imagens. Conexão ainda em “UMTS”, porém andando, sem muitas falhas.

22h01 ~ 22h04 – Colocando páginas e fotos que tinham ficado pendentes, das pastas colocadas até essa hora. Aparentemente, a velocidade melhorou um pouco ou, pelo menos, já não aconteceram falhas de FTP.

22h12 - Desconectei o “Discador”. Desde as 18h esse negócio estava cansativo. E estava bem longe do limite diário de 80 MB, portanto esta não podia ser a explicação da lentidão, falhas etc.

23h24 – Conectando novamente. “Discador” indica conexão “HSDPA”. Colocando uma pasta após outra, sem problemas, mesmo a taxas de 30 ~ 50 KB/s (segundo o programa de FTP). Parece cedo para a TIM considerar que já fosse “outro dia” – na hipótese, improvável, de que a lentidão anterior (18h ~ 22h) fosse causada por estouro do limite diário de 80 MB.

23h51 – Sincronização geral (todas as pastas), por comparação de datas, termina apontando 4.205 arquivos colocados (impossível, salvo repetições), e zero falhas. O “Discador” indica uploads acumulados de 15 MB (desde as 23h24, creio eu).
  • Até aqui, a base local de comparação foi uma cópia parcial do site, contendo apenas 3.029 arquivos novos ou modificados desde 21 Nov. 2011 (46,8 MB). Portanto, de tarde e de noite devem ser sido colocados mais de 31 MB.
23h52 ~ 0h12 - Sincronização geral, agora usando como base local de comparação o site completo, com 8,6 mil arquivos distribuídos em quase 500 pastas e subpastas. A comparação com o site remoto foi feita em 18 minutos. Apontou a necessidade de colocar 245 arquivos. Isso, utilizando outro software de FTP.
  • No meio da tarde, essa mesma comparação (site completo) tinha durado 20 minutos, com direito a uma atualização simultânea do anti-vírus que, ocorreu silenciosamente durante o processo. Portanto, à meia-noite a velocidade era aproximadamente a mesma das 16h.
0h12 ~ 0h29 - Colocados os 245 arquivos (17 minutos).

0h31 – Verificando site Brasília.

0h35 – Concluiu que devem ser colocados 320 arquivos.

0h53 – Colocados os 320 arquivos no site Brasília.

Por que TIM?

Como uso muito pouco, a cada recarga os créditos vieram se acumulando.

Por isso, também, optei por usar o mesmo chip do celular -- para dar algum uso aos créditos acumulados.

Como não precisei comprar outro chip (R$ 10,00), e estou usando os créditos acumulados, até o momento não houve qualquer despesa.

É necessário ligar (creio que *222) para substituir o “Infinity Web” do celular (mais lento: R$ 0,50 por dia que usar) pela outra “promoção”, chamada “Infinity Web Modem” (1 Mbps: R$ 1,99 por dia que usar). Deixei por conta do expert, que fez isso num piscar de olhos; e logo em seguida chegou um SMS registrando a mudança.

O “Discador”

Ao colocar o Modem 3G na entrada USB do computador (Windows), o software existente no modem deflagrou a instalação do “Discador TIM”. No Linux, isso não aconteceu. Ignoro como age o software de um Modem 3G não pertencente a uma operadora específica. Também não sei como age o software atual da TIM: esse modem é meio antigo.

Feita a conexão, nenhum programa do Windows conseguiu encontrar. O jeito foi abrir Painel de Controle >> Opções de internet >> Conexões >> Configuração de rede dial-up, e desmarcar a opção “Nunca discar” – substituindo por “Discar apenas se não detectar rede” (tipo assim). A partir daí, o sistema começa a “ver” a conexão.

A todo momento – mesmo durante os mais furiosos downloads e uploads – o Windows diz que “a conexão está ociosa há mais de 20 minutos e será encerrada”. Isso, com prazo de 30 segundos para você clicar em “continuar conectado”. Fique atento, para marcar a opção que desabilita essa bomba relógio.

O “Discador TIM” apresenta mostradores com o tipo de conexão, downloads acumulados, uploads acumulados, e mais algumas opções, como consultar saldo de créditos, colocar mais créditos, e vários atrativos para a gurizada gastar dinheiro.
  • No site da TIM encontrei o link para download do “Discador” , e instalei a última versão, que além do tráfego acumulado, também indica a velocidade, momento a momento. Basta selecionar o fabricante e o modelo (que podem ser vistos no painel do “Discador” antigo). O fabricante do software só oferece versões Windows e MAC, mas com o nome do fabricante e o modelo, rapidamente encontrei links e tutoriais para o Linux.
Os tipos de conexão observados das 15h30 de Terça-feira (28 Fev.) até 4h da Quarta (29 Fev.), e cujo significado ainda não verifiquei:
  • HSDPA – parece a melhor velocidade
  • EDGE – parece a pior velocidade
  • UMTS – este varia bastante: a velocidade melhora, piora; às vezes causa muitas falhas, outras vezes não
Conclusão?

A velocidade verificada nessa experiência não chega a ser a mesma de uma conexão de “1 Mega” por fio, principalmente devido às oscilações, com queda acentuada durante todo o “horário nobre”.

O preço também não chega a ser atrativo: se usar todos os 30 dias, supera o de uma conexão por fio de “1 Mega”.

Tanto a TIM quanto as demais operadoras oferecem preços melhores de 3G em planos pós pagos, avulsos (sem venda casada):
  • Oi Velox 3G de 1 Mbps começa em R$ 49,90, franquia de 200 MB por mês (caindo então para 150 Kbps)
  • Claro oferece 3G de “1 Mega” a partir de R$ 19,90 com franquia de 100 MB por mês (caindo então para 100 Kbps)
  • Uma loja TIM oferece 3G a partir de R$ 49,90, supostamente com velocidade de 3,6 Mbps (tabela impressa na hora, em papel sem timbre) e limite mensal de 800 MB (caindo então para 100 Kbps)
  • Em outra loja TIM, é oferecido plano 3G de 1 Mbps por R$ 35,00 (não consta dos folhetos)
Considerando as franquias de tráfego, porém, não encontrei 2,4 GB mensais pelo equivalente a R$ 1,99 por dia.

Alô alô marciano

A função das lojas não é divulgar, e muito menos esclarecer. Ouço falar desse plano há tempos, mas foi difícil encontrar. Não há nenhum interesse em divulgá-lo. O esquema é vender pós pago. E mesmo pós pago “simples”, também não interessa muito vender. Interessa mais, vender pacotes “completos” (“venda casada”), cada um com “limites” que te empurram para o pacote seguinte. A cenoura pendurada sempre mais à frente do burro.

Em duas lojas TIM, por exemplo – uma, aparentemente em Marte, outra talvez em Andrômeda – recebi informações totalmente diferentes, e não assinadas. Numa, o “único” plano de web simples seria de R$ 35,00 / mês; porém “de boca”: não constava de nenhum folheto. Na outra loja TIM, o “único” plano de web simples, já começava em R$ 49,00 / mês; nessa, até que me deram um papel: uma tabela impressa na hora, a jato de tinta, em papel sem qualquer timbre oficial. Felizmente, ao conversar num “balcão” (shopping, rua) de outra operadora, um rapaz do “balcão” ao lado (TIM) teve a boa falta de educação, e se intrometeu na conversa:

– “Eu tenho” – era ele, não a TIM, quem tinha, segundo seu curioso modo de falar – “eu tenho 1 mega a R$ 1,99 / dia” etc.

Digo que era ele, e não a TIM quem “tinha”, porque de fato, ali falava (finalmente) o “usuário”, não o vendedor “treinado”. Se dispôs, até, a obter para mim o modem 3G pelo preço de R$ 99,00 (patamar aqui da região, segundo apurado nos últimos 6 meses). E é claro que não vou entregar o rapaz, que depois desses meses todos, resolveu a questão em 5 minutos, por pura falta de educação e absoluta impermeabilidade aos sucessivos “treinamentos”.

No tempo das diligências

Merecia um post sobre o PAC da ECT (os “Correios”). O rastreamento diz que “tentou” entregar no dia 4 Fev. 2012 mas... “destinatário ausente”. Não saí nesse dia, um sábado com céu de brigadeiro: fiz pão, faxina, capina no quintal.

Em breve: a arte da capina

Nova “tentativa” de entrega, segundo o site dos Correios, só no dia 20, mais de 2 semanas depois! Por coincidência, segunda-feira de Carnaval. Outras pessoas, esperando na fila, também sofreram “tentativa” de entrega de suas encomendas nesse dia. Opinião geral: “Ra rá rá, conta outra!” (Pela “explicação” recebida lá, o entregador estaria de férias; e outro entregador, de outra área, estaria “duplicando” áreas. Que chic!). Nenhuma nova “tentativa” até o dia 28, quando finalmente obtive o nº do registro postal, puxei o histórico no rastreador e fui lá  buscar. Resultado: objeto PAC despachado em 27 Jan., tive de ir buscar no CDD em 28 Fev., portanto 31 dias depois.

O CDD (centro de distribuição) fica em área “industrial”, longe de tudo, fora de qualquer roteiro (bancos, comércio, serviços etc.) que as pessoas costumam frequentar nesse horário. O “atendimento” deixou de começar às 9h, agora começa às 11h (e fecha às 16h). O representante de uma escola estava lá desde as 9h, porque não adivinhou. A escola fica aberta até 21h, de segunda a sábado, mas também foi vítima de “destinatário ausente”. Outros, chegavam, viam a mudança de horário, iam embora para voltar depois. Causos & causos, para passar o tempo no portão: duas encomendas para o mesmo endereço, no mesmo dia: uma entregue, outra com “destinatário ausente”. Tudo isso ao sol, do lado de fora, enquanto carros de entrega saem por outro portão (talvez com a sua encomenda).

Às 11h, abre-se o portão, a fila acumulada entra e segue até uma porta lateral e pega um longo corredor, no fim do qual existe um cubículo exíguo (10 pessoas bastam para encher, e a essa hora já havia 15). No canto do cubículo, um guichê bem pequeno, onde só 1 pessoa “atende” ao público. A cada atendimento, desaparece lá dentro.

O representante da escola foi atendido super-rápido: “aqui consta que saiu para entrega”. Então, tá.

— … ≠ • ≠ … —

Ferramentas &tc.


2 comentários:

  1. Parabéns pela solução encontrada, vc tem muita paciência. Os balconista são treinados para iludir os usuários pois ganham comissão para tal.Fui trocar de plano de uma operadora, tive que pagar por um chip que era de graça e quase fiquei sem a internet pela recusa deste chip.Quanto aos CORREIOS é praxe em tortura de espera.Mais uma vez parabéns pela solução encontrada. MARSUSHEI.

    ResponderExcluir
  2. O que tu fez é realmente um teste de paciencia
    Eu tinha um modem e chip da TIM, quando contratei o serviço o cara me disse que a conecsão é compartilhada( ou coisa desse tipo] sei que quanto mais gente conectado pior a conecsão, de 00:00 as 06:00h era de "graça", não gastava os minutos e nem a quantidade de dados
    baixava coisas de até 4Gb numa noite
    era muito bom
    mais de 06:00 e 00:00h era de matar de raiva
    abraços

    ResponderExcluir