terça-feira, 7 de junho de 2011

Ajustes de estilo - I

Ajustadas as cores da "paginação" - primeira linha dos menus inferiores do Ferreoblog.

Em styles.css, seção "Navigation and Sidebar Widget":
.pagination .current {
color: #cccccc;
que vem a ser um cinza claro (estava com quase a mesma cor do fundo: invisível).

E em seguida:
.pagination .page-numbers,
.pagination .current {
 [.......]
 background: #FFFACD;
também conhecido como LemonChiffon - para dar algum destaque.

Explicando: - O Ferreoblog é uma experiência com a plataforma Wordpress, em hospedagem própria. Após examinar dezenas de Themes e testar 2 ou 3, que não se mostraram satisfatórios, um dia encontrei e apliquei o Theme Tanzaku, que me fascinou de imediato, pela simplicidade e perfeição. A palavra (ou ideograma?) refere-se a "pequenos bilhetes onde as pessoas fazem seus pedidos e os prendem em bambus no dia do Tanabata. Os bilhetes com os pedidos são queimados no final da festa para que os desejos cheguem ao céu. Segundo a Lenda, as estrelas Altair e Vega realizarão o pedido" [Wilipedia].

Imagem de: JulyHide

Poemas ou bilhetes que se penduram, tipo, em "árvores de natal". Arranjos decorativos de bambu, no caso, e não exatamente "de Natal", que é festa do Ocidente. É outra cultura. Me sugerem hai kais, em arranjos decorativos de bambu que, por sua vez, são outra forma de expressão. Se aparecer um origami no papo, não me espantaria nem um pouco. Cultura não obedece à burrocracia de nossas acomodações e ignorâncias.

O autor desse Theme, simplíssimo e incrível, usa-o em seu próprio blog, o Tripleships. Pena que não sei japonês, para parabenizá-lo pessoalmente. Escrever em inglês -- que não é minha língua, nem a dele --, não vale.

Experimente em telas maiores. Ou use CRTL-[Menos] (Minus), diminuindo gradualmente o zoom de sua tela. À medida em que as letras diminuem (ou sua tela "se alarga"), as 3 colunas se tornam 4, depois 5... Agora, experimente reduzir a largura do browser: as 3 colunas se tornam 2, depois 1... Ideal para quem navega num dispositivo de bolso, ou mesmo um celular.

Personalizar o Template foi uma aventura -- devidamente anotada no "Caderno de Informática" (sim, essas coisas só podem ser anotadas em papel, vai que um dia seu computador dê tilt...). Quando tiver tempo, transcrevo aqui, se alguém tiver interesse nos detalhes passo a passo.

Evidentemente, a primeira providência foi "salvar como" (style.css, footer.php etc.), com algum nome terminando em "_Original", para conferir quando necessário. Depois de meia hora mexendo, nem você mesmo consegue lembrar o que fez.

Experiência muito menos satisfatória, é tentar usar o Wordpress em hospedagem gratuita. Os Templates disponíveis lá são muito poucos, e as possibilidades de personalização, limitadíssimas.

Faço algumas experiências, uma das quais talvez acabe utilizando: http://centrooeste.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário