terça-feira, 15 de setembro de 2015

Conversão em massa de TIFF em JPEG

Instale o ImageMagick, disponível nos repositórios oficiais do Linux

1) Instale o ImageMagick, se ainda não tiver.

2) Abra o Dolphin, com o Terminal* embaixo, para agilizar.

3) Abra uma pasta lotada de arquivos TIFF

Tremenda besteira: em 2012 scanneava livros inteiros em TIFF

4) No Terminal (embaixo), cole o comando:

mogrify -format jpg *.tif

5) Uma vez criadas todas as cópias JPEG, delete os TIFF.

  • ver “Coluna Tipo para seleção rápida” (abaixo), para mais detalhes.

Em poucos segundos, surge um JPEG para cada TIFF

Explicando


ImageMagick - Vem com a instalação do Kubuntu, KDE Neon, Debian KDE etc.

Descrição exibida no instalador de pacotes Synaptic:

ImageMagick é uma suíte de software para criar, editar e compor imagens bitmap. Ele pode ler, converter e escrever imagens em vários formatos (mais de 100) incluindo DPX, EXR, GIF, JPEG, JPEG-2000, PDF, PhotoCD, PNG, Postscript, SVG e TIFF. Use o ImageMagick para traduzir, inverter, espelhar, rotacionar, redimensionar, cortar e transformar imagens, ajustar cores da imagem, aplicar vários efeitos especiais ou desenhar texto, linhas, polígonos, elipses e curvas Bézier. Todas as manipulações podem ser realizadas através de comandos shell bem como através de uma interfacegráfica X11 (display).

Observe o comando disparado a partir do Terminal:

mogrify -format jpg *.tif

Por princípio, mogrify faz todo tipo de edições em massa, tais como redimensionar, girar etc., porém substituindo os arquivos originais. — Use esta opção-padrão, se não sentir necessidade de conferir o resultado.

O parâmetro -format evita que os arquivos originais sejam substituídos. — Em vez disso, são criados novos arquivos no formato JPEG, para todos os arquivos existentes no formato TIFF.


Dolphin - Gerenciador de arquivos. Vem na instalação do Kubuntu, KDE Neon, Debian KDE etc.

Já faz um bom tempo que ativei a exibição do Terminal no rodapé do Dolphin. É muito prático, toda vez que você precisa disparar um comando dentro de uma pasta. O Terminal já está lá, posicionado em qualquer pasta que você vá.

* Controle >> Painéis >> Terminal (marcar para exibir), — ou simplesmente tecle “F4”.

1 - Comando “Mogrify” para converter todos os TIFF em JPEG, sem substituir os originais

Coluna Tipo para seleção rápida


No título das colunas, — “Nome”, “Tamanho”, “Data”, — clique com o botão direito e marque a caixa de “Tipo”.

Agrupe todos os arquivos TIFF (ordenados pela coluna Tipo) para selecionar rápido e sem falha

Você terá mais uma coluna, — “Tipo”. — Clique nela 1 ou 2 vezes, para exibir primeiro todos os TIFF, ou primeiro todos os JPEG.

Fica muito fácil selecionar todos os TIFF, — basta clicar no primeiro, depois Shift-clique no último.

Clique no título da coluna “Nome” para conferir: — passe o mouse sobre cada arquivo JPEG e visualize à direita

Torne a clicar no título da coluna “Nome”, — e deverá aparecer uma “zebra” de TIFF selecionado / JPEG não-selecionado.

Confira se algo não deu certo, ou se falta ou sobra alguma coisa. — Tudo ok?

Deletar todos os arquivos TIFF da pasta. — Vai ser rápido, não foi?

Aperte DEL, — e todos os TIFF desaparecem.

Esvazie a Lixeira, para ver o espaço liberado aumentar a olhos vistos

Lembre de “Esvaziar a Lixeira”, de vez em quando.

A cada operação dessas, a partição vai se esvaziando a olhos vistos.

28 Set. 2016 - Esta solução é ótima para lidar com pastas contendo grande número de arquivos, e foi adotada depois de procurar inutilmente por um “menu de contexto” (botão direito do mouse) que pudesse ser usado no Dolphin, ou outro gerenciador de arquivos.

Sabia que tal alternativa era possível, já tinha usado em outras épocas, e continuei procurando por vários meses, mas só agora foi encontrado o “caminho das pedras”, no Konqueror.

— … ≠ • ≠ … —

Ferramentas &tc.